Ano novo, velhos problemas

by

Todo começo do ano é a mesma preocupação. Chega o mês de janeiro e junto com ele o medo das chuvas de verão. Basta o céu ficar encoberto e pronto, milhares de pessoas se apavoram com medo de ficarem desabrigadas. As nossas autoridades só aparecem quando o estrago já está feito, muitas vezes nem isso fazem. O exemplo mais recente de descaso é o da garota de 14 anos que morreu soterrada enquanto assistia televisão na sala de casa no bairro do Tremembé, na zona norte de São Paulo. Após a tragédia, a Defesa Civil desalojou milhares de famílias do local, que é um terreno pertencente à Santa Casa de São Paulo, os moradores foram levados para abrigos e ficarão por lá por tempo indeterminado.

O problema das chuvas não se restringe somente à quantidade de pessoas que perdem suas casas, seus pertences. A cidade também sofre desse mal. Avenidas, ruas, estações, tudo fica prejudicado ao mais leve dos pingos. Não podemos só culpar o governo pelo descaso, nós, cidadãos, também temos nossa parcela de culpa. Afinal, a quantidade de lixo que vemos nas ruas é imensa. Enquanto os órgãos responsáveis fazem a sua parte, nós não fazemos a nossa, não adianta cobrarmos os outros se não cobramos a nós mesmos. É muito fácil jogar a culpa nos outros enquanto o problema começa dentro da nossa casa. Por mais que o governo faça, não vai adiantar de nada se a população não tomar consciência. Alguns podem dizer: “Por que o governo não faz uma campanha de conscientização?”. Ora, quer conscientização maior do que a “herança” que a chuva deixa depois que ela passa? O mínimo que temos de fazer é tentar evitar ao máximo que esse problema fique mais grave (será que dá pra ficar mais grave?). Basta fazermos nossa parte, não jogando lixo pelas ruas que muitos dos problemas serão evitados, e cada vez menos tragédias se tornam coisas rotineiras em nossas vidas.

Saiba mais: Estado de S. Paulo

Por: Paulo Rodrigo Santos

Exercício: 25/02/2008

Tema: Chuvas

Tags: , ,

8 Respostas to “Ano novo, velhos problemas”

  1. tbolin Says:

    O texto postado pelo amigo Paulo Rodrigo serve como um verdadeiro puxão de orelhas nos responsáveis pelas enchentes em São Paulo. Realmente, a população não pode culpar somente o governo, cada um tem que fazer a sua parte não jogando lixo nas ruas. O volume de água é muito grande nessa época do ano, se a população colocar em prática a educação tenho certeza que as coisas vão melhorar em muito.

    Parabéns Paulito!

  2. manoelauva Says:

    O título é muito bom. Porém, o texto, assim como alguns outros, trata superficialmente o tema.

  3. josiecarmo Says:

    Excelente texto! O descaso da população com o descarte do lixo é imenso! É o grande mal do brasileiro, cruzar os braços e esperar que as autoridades façam alguma coisa, quando na verdade qualquer ação nesse sentido deve ser tomada conjuntamente, seja ela conscientização, seja obras públicas para contençao das águas pluviais… Parabéns pelo texto!

  4. lincoln83 Says:

    “As nossas autoridades só aparecem quando o estrago já está feito, muitas vezes nem isso fazem”
    “Enquanto os órgãos responsáveis fazem a sua parte, nós não fazemos a nossa”
    Será que isso é contradição? Ou fazem ou não fazem, decida-se.

  5. deh08 Says:

    O texto trata muito superficial do assunto! Mas a idéia é boa!

  6. raquelgomes Says:

    O texto é muito bom, só ficou engraçado a repetição de sons no início (preocupação, verão); quando lido em voz alta, fica engraçado.

  7. kimsabey Says:

    Muito bonito seu discurso, de que partido você é?

  8. flora Says:

    nossa adoro o bairro do vergueiro quando eu vou par sao paulo mas nao estou podendo ir por que o diretor da tv globo sr roberto irineu marinho me colocou presa na minha cidade e quando vou na tv globo rua dr chucri zaidan 46 sou barrada

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: