Será a chuva a verdadeira vilã?

by

De acordo com projeção realizada pelo Departamento Estadual de Trânsito (DETRAN), a cidade de São Paulo possui uma média de 6 milhões de veículos licenciados divididos entre motos, carros, ônibus e caminhões. Estes veículos emitem uma série de substâncias tóxicas que além de promover a degradação do meio ambiente, comprometem a qualidade de vida dos habitantes.

A CETESB, Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental, adverte que os veículos automotores são os principais responsáveis pelo agravamento da poluição nas regiões metropolitanas.

Quando o ar está seco e respirar transforma-se em um esforço, lembramos da única solução, a curto prazo, para que os níveis de qualidade do ar voltem a um estado regular: a precipitação de água sobre a superfície, ou simplesmente, a chegada da chuva. As chuvas, analisadas “urbanamente”, além de reabastecerem os reservatórios de água (evitando o risco de racionamento) dissolvem os poluentes no ar.

Então, porque cargas d’água elas são vistas como vilãs nos grandes centros urbanos?

A união dos 6 milhões de veículos automotivos e crescimento urbano desordenado transformam o fenômeno natural em sinônimo de catástrofe. O resultado disso são congestionamentos fenomenais.

Mais informações:

.::: INMET – http://www.inmet.gov.br/

Por Carolina Oliveira
Exercício 25/02/08
Tema: Chuvas

Tags: , ,

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: