Água: riqueza para uns, despedício para outros

by

Esse texto era para ser escrito na segunda-feira, dia 17 de março de 2008, porém, resolvi esperar os noticiários para acompanhar o que seria falado sobre o Dia Internacional da Água, que por sinal, cairia no sábado, dia 22 de março. Para a minha frustração como estudante de jornalismo quase nada foi noticiado sobre este importante dia, o que me deixou perpléxo, pois esperava que pelo menos a imprensa como um todo desse mais importância ao assunto, principalmente, por causa dos problemas que o mundo passa devido a escassez de água potável em diversos lugares do planeta.

Ironicamente, o que foi falado sobre a água não foi o dia de sua comemoração, mas sim os transtornos que as chuvas causaram na região nordeste do país. Vejam só, uma região castigada pela seca passando por dificuldades causadas pelos temporais das águas de março, não é mesmo uma controvérsia? Para nós sim, mas para os nordestinos esses temporais representam dias melhores pelos quais sempre sonharam ao longo dos anos, pois só quem vive da agricultura sabe o que a falta da água traz para a terra sofrida.
Muitas vezes, ao sair de casa ou em um final de semana prolongado reclamamos do dia chuvoso, porém, não percebemos que a mesma água está sendo importante para o meio em que vivemos. É uma pena que muitos de nós disperdissamos o bem mais precioso do planeta, sem sabermos que esse bem será fundamental para a sobrevivência dos nossos filhos e netos. Talvez devessemos comemorar e não criticar as chuvas que caem em São Paulo, os estragos que acontessem não são culpa dela, mas sim de políticas irresponsáveis, quem sabe deixamos o individualismo de lado e pensamos um pouco mais no meio ambiente, assim com os agricultores nordestinos fazem.
Por Adilson Antônio Pereira RA: 741578-8

Tags: , ,

2 Respostas to “Água: riqueza para uns, despedício para outros”

  1. carol466 Says:

    Bingo!
    Para que dar cobertura ao controverso dia da água se temos que falar da última “grande crise” que ocorreu no BBB? É vergonhoso!
    Muito bom o seu texto. É fácil colocar a culpa na chuva e não no desenvolvimento de políticas públicas decentes!
    Parabéns, Adilson!
    Beijos

  2. Tadeu Says:

    Boua, Adilson!!!

    Parabéns belo texto, que por sinal é extrememamente persuasivo.

    abs

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: